Terça-feira, 13 de Março de 2007

A classe de alguns...

Salvaram-se dois momentos de pura magia de Simão e Petit para acabar com a impaciência que já reinava no anfiteatro da Luz. Impaciência provocada pela subida de rendimento do onze de Domingos… Paciência, que, depois de uma primeira parte envergonhada, decidiu tirar alguns coelhos da cartola para dar outra profundidade ofensiva ao jogo da sua equipa, sobretudo com a entrada em cena de Paulo Machado – embora só um tenha sido pouco para liderar a revolta.

No entanto, o pragmatismo do Benfica e, claro está, a classe de alguns dos seus jogadores – poucos, porque as energias não eram muitas – acabaram por ter uma profunda influência no desfecho do encontro.

Com David Luiz a estrear-se como titular no centro da defesa (grande exibição), Katsouranis a regressar à sua posição natural no losango do meio-campo e Nuno Gomes a colar-se a Miccoli no ataque, os encarnados entraram a todo o gás e, aos 16’, colocaram-se na posição de vencedores, por intermédio de um grande golo de Simão (qual míssil…). O peso do capitão é tão elevado que este nem pôde provocar um cartão amarelo, continuando a correr riscos para o clássico com o FC Porto – aliás, como se verificava, e veio a confirmar, com Katsouranis.

Mesmo sem forçar demasiado, porque era importante gerir o esforço para o encontro de quinta-feira com o Paris Saint-Germain, o Benfica foi criando sucessivas oportunidades, suficientes para chegar ao intervalo a vencer por uma margem bem mais tranquila.

O tempo foi passando, Domingos percebeu que se estava a instalar alguma ansiedade no adversário, e, após o intervalo, o Leiria apareceu de cara lavada e com outra dinâmica ofensiva, deixando a equipa de Fernando Santos quase sem respiração e encostada às cordas – o Benfica aparecia apenas em contra-ataque. O técnico encarnado tentou mudar este cenário, lançando Derlei, mas a superioridade do adversário no meio-campo era bem evidente. Petit, Katsouranis e Karagounis relevam algum desgaste, mas continuaram em campo, pois o treinador não quis arriscar João Coimbra…

Ironia do destino, ou talvez não, seria Petit a lançar o segundo míssil da noite, que daria tranquilidade à equipa - já depois de Moreira ter voltado a jogar. O Benfica mantém-se na perseguição ao FC Porto (continua a quatro pontos), repondo, ao mesmo tempo, a vantagem sobre o Sporting (cinco pontos).

Contas feitas, os encarnados estão há 11 jornadas sem perder, continuam imbatíveis em casa e somaram o quarto triunfo consecutivo. A continuar assim o FC Porto que se cuide... temos Benfica!!! Venha a Taça Uefa!

sinto-me: Benfiquista
tags:

publicado por miguel_sousa às 21:10
link do post | favorito
Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Hoje Em Destaque em Um No...

. Hoje em destaque no blog ...

. Em Destaque no blog Um No...

. Convite

. Em Destaque

. O Mundo Está Louco

. Flashback Músical

. Endereço de novo blog

. O fim do Olhando_as_estre...

. Escondido de tudo...

. Música do dia

. Sorriso falso...

. Lenda chinesa

. Dias incompletos...

. Música do dia

. O Nó do Afecto

. Rastos de dor...

. Música do dia

. A essência da vida

. Novas sensações...

.arquivos

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Para ti avô

. Acto de Fé...

. 12 Palavras por ti...

. Silêncio e tanta gente...

. Mais uma descrição do Amo...

. O Amor em 4 etapas...

.subscrever feeds